Pavimentação Asfáltica

O pavimento é uma estrutura composta por diversas camadas sobre uma superfície terraplenada. O objetivo do pavimento é atender requisitos de impermeabilidade, flexibilidade, estabilidade, durabilidade, resistência à derrapagem, resistência à fadiga e ao trincamento térmico, de acordo com o clima e o tráfego previsto para o local.

Dentre os tipos de pavimento existentes, são eles rígidos, semirrígidos e flexíveis, o pavimento asfáltico pode ser caracterizado como pavimento flexível.

O pavimento asfáltico é constituído por quatro camadas principais: camada superficial asfáltica, apoiada sobre camadas de base, de sub-base e de reforço do subleito.
O asfalto pode ser fabricado em uma usina específica sendo assim ele considerado uma mistura usinada, podendo ela ser fixa ou móvel. Ou pode ser preparado na própria pista para tratamentos superficiais. Além da forma de produção, os revestimentos também podem ser classificados quanto ao tipo de ligante utilizado: a quente, com o uso de concreto asfáltico, o chamado Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) ou a frio com o uso de emulsão asfáltica (EAP).

O bom desempenho de pavimentos e de tratamentos asfálticos depende da utilização de procedimentos corretos em todas as etapas: projeto estrutural, escolha adequada de materiais e formulações de proporções ou misturas que atendam os condicionantes de uso do revestimento, e uso de técnicas adequadas de produção, distribuição e execução das camadas asfálticas na pista.